quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Da pobreza

Giotto di Bondone - Alegoria da Pobreza (1316-1319)

A pobreza não é a mesma coisa do que a miséria. Esta tem como núcleo central  abjecção. A pobreza deve ser entendida como um desapossamento de si, um abandonar-se a si mesmo, um não querer centrar em si o que quer que seja. A essência da pobreza é a dignidade, não aquela daquele que decidiu tornar-se pobre, mas a dignidade que essa pobreza permite manifestar.