quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Poemas do Viandante (404)

Ivonne Sánchez Barea - Cienaga amarilla (1999)

404. O excesso de loucura sobre o deserto

O excesso de loucura sobre o deserto
ergue constelações de areia
no espaço sideral.

Seguimos os dois, ombro a ombro,
e tomamos da terra a breve flora.
Compomos um horizonte volátil
e aguardamos as primeiras chuvas.

Quando chegam as longas noites de verão,
despedimo-nos do amarelo da paisagem
e adormecemos no fulgor do silêncio.