sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Poemas do Viandante (400)

Asher Brown Durand - Un arroyo en el bosque (1865)

400. Voltemos a esses dias transfigurados

Voltemos a esses dias transfigurados,
à pureza da água,
ao silêncio dourado no horizonte.

Por vezes, ouve-se um anjo cantar,
o sussuro aceso nas folhas do arvoredo,
o tronco derrubado onde te sentas
e escutas em silêncio o meu silêncio.

Se a noite se aproxima, 
seguimos caminho fora,
os pés na água fria da primavera
e os olhos postos
no santuário perdido no bosque,
onde esperam os últimos peregrinos.