terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Micronarrativa (13) Oração

Pierre-Louis Pierson, Priére, 1860s

Rogo para que venha a palavra que terei a dizer, naquele lugar cujo nome esqueci. Suplico para que a luz me ilumine quando aguardo o rolar inquieto da noite. Imploro o sal que me há-de temperar o corpo e torná-lo pasto de uma boca ávida.

Sem comentários:

Publicar um comentário