segunda-feira, 7 de março de 2016

Haikai do Viandante (275)

Paul Cezanne - Chateau Noir (1904-6)

nas paredes negras
oiço o silêncio da tarde
os campos em flor