domingo, 29 de setembro de 2013

Poemas do Viandante (435)

Robert Motherwell - Abierto roto (1974)

435. Este lugar que se abre

este lugar que se abre
no sopro da noite
este vento que rompe
nos dedos da manhã
este vermelho que arde
no sangue do coração

este silêncio que brilha
no fulgor do outono