domingo, 7 de julho de 2013

Poemas do Viandante (424)

Urgell Inglada - Jardim abandonado

424. Cenário de terra e ervas

Cenário de terra e ervas,
sementes, folhas mortas,
um traço de poeira,
a cinza rosada do céu.

Se o vento, fortuito, cantava
ou uma ave caía na memória,
o fogo descia na terra
inundada de estios.

Restam algumas árvores,
a estátua abandonada
e uma pergunta esquecida
no bulício do coração.