sábado, 9 de julho de 2016

Poemas do Viandante (558)

Frantisek Kupka - Aguatinta (1913)

558. círculos de vermelho

círculos de vermelho
circulam no
sangue aberto
ao mistériazul
que desperta
rumores de água
onde desagua
uma lágrima
aguada de azul
quase vermelho

(05/07/2016)