quarta-feira, 13 de março de 2019

Impressões 24. Um manto de silêncio

Ed Clark, Marilyn Monroe, 1950

Teria sido uma ave ou um raio de luz, talvez a maçã da árvore do paraíso. Agora, é um manto de silêncio sob a penumbra da manhã, a promessa obstinada do Estio que espera, no murmúrio do olhar, o rumor da água na folhagem dos campos.

Sem comentários:

Publicar um comentário