quarta-feira, 21 de março de 2018

Meditação breve (73) Noites de luar

Alvin Langdon Coburn, Moonlight, c. 1907

Talvez as noites de luar sejam propícias ao devaneio dos amantes, mas a luz que cai sobre a terra tem o estranho poder de revelar o que há de sombrio no mundo. Não é o amor que essa luz suscita mas o terrível que nele se esconde. O que torna romântica uma noite de luar é o perigo que ela deixa entrever.