sexta-feira, 24 de março de 2017

O meu lugar

Richard Sandler - Grand Central Terminal, NYC (1990)

Estou aqui, não sei bem onde. Todas estas sombras que se agitam, vão e vêm, como se esse fosse o seu destino. Passam por mim como se passassem por coisa nenhuma. Levitam. Não vejo chão onde possam pôr os pés. Que sítio é este? O relógio, desde que cheguei, marca a mesma hora. E cheguei há tanto tempo. Sussurros, de onde virão? Sussurros e nem mais um som. Olho, mas ninguém olha para mim. Peço ajuda? E se não me vêem? Para qualquer lado que me volte, as mesmas sombras, os mesmo sussurros sobre o silêncio, os mesmos ponteiros paralisados sobre o esmalte do mostrador. Será isto o inferno? Não, nele não há silêncio, mas também não é o céu. Estou aqui, não sei bem onde.