sábado, 13 de dezembro de 2014

Poemas do Viandante (488)

Ferdinand Hodler - O dia (uma figura) (1896)

488. toda a inocência que espera

toda a inocência que espera
o anoitecer

toda a ânsia que se exalta
na fria noite

toda a beleza que para ti
me fez nascer