quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Poemas do Viandante (45)

45. IMPÉRIO

parto
o barco
aparelhado

velas 
a água do mar

os ventos
calam-se
sob o negro
império
do luar