terça-feira, 1 de agosto de 2017

Poemas do Viandante (641)

Eugène Leroy - Poisson (1974)

641. o peixe perde-se na paisagem

o peixe perde-se na paisagem
devorado por
uma ostra de volúpia
e
canta ao ritmo
dos remos
preso no veludo
da rede
preso na sílaba
de bronze
preso
                no anzol do amor

(12/12/2016)