quinta-feira, 12 de maio de 2016

Poemas do Viandante (543)

Philip Guston - Outono (1950)

543. outono rimo-o com

outono rimo-o com
abandono
e na folha que
se desfolha
na cerejeira vejo
a mão do dono
aberta
para o ramo
onde s’amarra
o touro d’outono