quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Poemas do Viandante (569)

Antonio Rojas - Caminos de luz (1996)

569. a cisterna da solidão

a cisterna da solidão
enche-se de luz
tão líquida
e tão leve
se as primeiras
chuvas
do outono
trazem de
contrabando
um punhal de sol
uma lua de inverno

(04/08/2016)