quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Poemas do Viandante

140. AMOR

a prova do amor
a longa noite
onde o corpo arde
e a terra crepita
sob os teus olhos
silenciosos

à luz da cítara