quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Poemas do Viandante (666)

Julião Sarmento - Dias de Reis (1985-86)

666. os reis ruminam pelas ruas

os reis ruminam pelas ruas
uma amargura
feita de bolos
a cair nos olhos
da infância
tocados pelo sopro
das estrelas
erguem-se em camelos
de ráfia
por caminhos de musgo
à procura da luz
macerada no lodo da água

(17/12/2016)