domingo, 10 de maio de 2015

Poemas do Viandante (507)

Corneille - Juegos de pájaros en un cielo de verano (1998)

507. pressente-se o voo

pressente-se o voo
das aves estivais

trazem consigo um resto
de calor amainado

pelas nuvens que vogam
esquecidas nos céus

pela penumbra aberta
que desce dos teus olhos