segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Poemas do viandante

134. ROUBO

definha a rosa
se o verão
me roubar
dia e noite
a rendição
desse olhar