domingo, 5 de setembro de 2010

Poemas do viandante

131. PROMESSA

até onde chegarão
estas palavras

haverá peso
dentro delas
que as adormeça
ao caminhar

haverá uma promessa
de luz sobre o pântano

a bandeira desfraldada
anuncia o súbito vigor da maré