terça-feira, 28 de novembro de 2017

Poemas do Viandante (663)

Julião Sarmento - Vícios (1988-89)

663. o silêncio é um vício

o silêncio é um vício
desliza
sobre os lábios
toca a boca
abre-a furtivo
para o furúnculo
feroz
da ferida felicidade

(16/12/2016)