sábado, 25 de novembro de 2017

Meditação breve (58) Brechas

Aníbal Sequeira - Água fresca

Há, por parte do homem, uma luta contumaz contra a desagregação do mundo. O espírito, porém, cansa-se desses rituais de idolatria e, no tecido das coisas quotidianas, vai abrindo brechas. Por elas, entra um sopro que a tudo e a todos transporta para outro mundo, tão diferente daquele que os homens, em desespero, teimam em perpetuar.