quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Poemas do Viandante (661)

Jesús María Cormán - Moor n.º 10 (2001)

661. chove na charneca

chove na charneca
um lago de saudade
vibra
em ondas verdes
rasgadas
pelo odor de poeira
uma catástrofe
de violetas
no vitríolo dos céus

(16/12/2016)

Sem comentários:

Publicar um comentário