sábado, 12 de setembro de 2015

Poemas para Afrodite (segunda série) 1

José Gutiérrez de la Vega - Maja sevillana

1. Desço em teus olhos

Desço em teus olhos
E vejo o mundo.

Toco a tua pele
E bebo a água
Onde me afundo.