segunda-feira, 6 de abril de 2015

Poemas do Viandante (503)

Piet Mondrian - De boerderij Weltevreden bij Duivendrecht (1905)

503. as tristes tardes de abril

as tristes tardes de abril
cheias de nostalgia

avançam frias e serenas
sobre a velha casa

ao longe ouvem-se sinos
e risos magoados

ouve-se a voz da tua sombra
aberta ao silêncio