quarta-feira, 26 de julho de 2017

Poemas do Viandante (640)

Eugène Leroy - Mer sombre (1991)

640. o mar é uma flecha

o mar é uma flecha
de sombra
um dardo de dor
na fímbria
do coração
dardeja na pedra
frecha nos campos
adormece
no sal da melancolia

(12/12/2016)