sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Poemas do Viandante (525)

Henri Le Sidaner - Le Quai (1898)

525. Nas águas

Nas águas
ergue-se 
o silêncio
feito de névoa
e de noites
perdidas
pelo cais.