domingo, 18 de maio de 2014

Poemas do Viandante (457)

Bill Brandt - Hampstead, London (1945)

457. esse corpo que se entrega

esse corpo que se entrega
despido ao olhar

esse amor desatinado
a gritar no peito

esse desespero manso
perdido na face

esse desejo de luz
nunca satisfeito