sábado, 8 de fevereiro de 2014

Poemas do Viandante (449)

Caspar David Friedrich - Evening (1824)

449. Em cada palavra dita

Em cada palavra dita
quando o dia cai,

em cada palavra escrita
no fulgor da noite,

há um temor que se avista:
Vem e logo vai.