segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Poemas do Viandante (668)

Gonzalo Torné - Espejos para Ceballos (1994)

668. a viagem é um espelho

a viagem é um espelho
onde se reflecte
o viajante coroado
de léguas
                e memórias
tão pesadas
                as memórias
que o vidro
se quebra e quebrado
                o feitiço
resta o girassol
o sol      do silêncio

(18/12/2016)