terça-feira, 10 de outubro de 2017

Da imaginação

Fritz Henle, The Diver, Las Delicias, Taxco, 1943

Os anjos nasceram de uma conspiração da imaginação contra a terrível gravidade. Aquilo que sujeita o corpo dos homens gera uma revolta do espírito. Umas vezes, este usa a imaginação para resolver tecnicamente a sujeição; outras, deixa-a flutuar no imponderável, para que ela distribua sobre os homens as suas graças. Estas não quebram a sujeição do corpo, mas comprazem o espírito dando-lhe a ver a sua natureza.

Sem comentários:

Publicar um comentário